Mensagens e Poemas de Feliz Ano Novo. Muita paz e amor no seu coração!

Compartilhar Frases

Para todos os leitores do Portal Mensagens Curtidas, desejamos um Feliz Ano Novo repleto de muita paz, saúde, sucesso e amor nos corações de todos. Agradecemos cada um pelo carinho, somos uma família feliz. Que Deus abençoe e ilumine a vida de cada um de vocês. Feliz Ano Novo, que em 2014 todos os seus sonhos se realizam!

Você vai conferir agora as mensagens mais lindas e famosas de Ano Novo. Muitos poemas, canções, poesias, versos, frases e composições. Vale conferir e se emocionar….

Adeus Ano Velho Feliz Ano Novo
Natalinas

Adeus, ano velho!
Feliz ano novo!
Que tudo se realize
No ano que vai nascer!
Muito dinheiro no bolso
Saúde pra dar e vender!

Para os solteiros, sorte no amor
Nenhuma esperança perdida
Para os casados, nenhuma briga
Paz e sossego na vida

Ano Novo, Vida Nova
Kades Singers

Ano novo, vida nova
Tudo novo nesta hora
Hora de comemorar
O Sucesso que tivemos
As conquistas que teremos
Paz e vida em nosso coração
Tanto sentimento
Palavras de emoção
Tudo isso
Está aqui nesta canção
seja abençoado
Receba muita unção
Esta é a nossa oração
Quero ver você feliz!
Com tudo que sempre quiz
É Natal! Feliz Natal!
É Natal! Feliz Natal!

Ano Novo
Daniela Mercury
Compositor: Tenison Del Rey E Gerson Guimarães

Um ano de começar
Um ano de não sofrer
Um ano de não errar
Um ano de aprender

Um ano de se encontrar
Um ano de se entender
Um ano de renovar
E de amadurecer

Um ano pra festejar
Um ano pra ser melhor
Regido pelo mar
E pela luz do sol

Mais um ano
Mais uma página
Mais um rio passando
Mais uma lágrima

É ano de começar
É ano de não sofrer
É ano de não errar
É ano de aprender

É ano de se entregar
É ano de se entender
É ano de renovar
E de amadurecer

Ano Novo
Ana Carolina
Autor: Chico Buarque

O rei chegou
E já mandou tocar os sinos
Na cidade inteira
É pra cantar os hinos
Hastear bandeiras
E eu que sou menino
Muito obediente
Estava indiferente
Logo me comovo
Pra ficar contente
Porque é Ano Novo

Há muito tempo
Que essa minha gente
Vai vivendo a muque
É o mesmo batente
É o mesmo batuque
Já ficou descrente
É sempre o mesmo truque
E que já viu de pé
O mesmo velho ovo
Hoje fica contente
Porque é Ano Novo

A minha nega me pediu um vestido
Novo e colorido
Pra comemorar
Eu disse:
Finja que não está descalça
Dance alguma valsa
Quero ser seu par
E ao meu amigo que não vê mais graça
Todo ano que passa
Só lhe faz chorar
Eu disse:
Homem, tenha seu orgulho
Não faça barulho
O rei não vai gostar

E quem for cego veja de repente
Todo o azul da vida
Quem estiver doente
Saia na corrida
Quem tiver presente
Traga o mais vistoso
Quem tiver juízo
Fique bem ditoso
Quem tiver sorriso
Fique lá na frente
Pois vendo valente
E tão leal seu povo
O rei fica contente
Porque é Ano Novo

Lá Vem o Ano Novo
Palavra Cantada

Foi no dia 31 de dezembro. Vocês sabem que o dia 31 de dezembro é o último dia do ano.
Lá na Casa do Tempo, todos estavam se preparando pra começar o novo ano.
O Ano Velho já estava muito cansado de tanto trabalhar. E o Ano Novo estava prontinho pra nascer.
Todos os ajudantes do Tempo, os segundinhos, os minutos, as senhoritas horas, as senhoras semanas, os doutores meses, todos preparavam-se pra a passagem do ano.

Cada grupinho discutia seus problemas. Os segundinhos estavam muito aborrecidos:
- Ah, isso é uma injustiça. nós que somos os menores de todos é que temos que trabalhar mais! e os minutos, aqueles enjoados, vivem nos empurrando! “Anda depressa! Não pode atrasar! Deixa de moleza!”
Os minutos também tinham seus problemas:
- Esses segundos nos dão muito trabalho. temos que estar contando todo tempo e eles são tantos! Todos parecidos! Vivem loucos para entrar no escorregador do tempo. De vez em quando, um deles entra na fila antes da hora e sai cada confusão!

O que vale é que lá na Terra ninguém percebe nada.
A Meia Noite é que estava mais importante de todos. quando na Terra se fazem grandes festas pra comemorar o Ano Novo, Dona Meia noite estava toda vestida para a festa: de vestido comprido, plumas na cabeça. Parecia até uma estrela de cinema! E andava de um lado para o outro perguntando:
- Estou bem? que tal meu vestido novo? Cuidado com minha cauda! Esses segundinhos são tão levados…
E lá na Terra todos se preparavam também. Na casa da vovó Emília, havia uma grande festa.
Enquanto as pessoas grandes faziam os doces e enfeitavam a casa, as crianças, todos os netinhos de Dona Emília, preparavam grandes listas de resoluções para o Ano novo:
- Não vou mais comer doces escondido.
- Nem eu.

- Não vou mais faltar a aula pra jogar futebol.
- Eu não vou mais amarrar latas no rabo do Epitácio.
- Não vou mais puxar o rabo da gata Vitiver, coitadinha…
- Não vou mais contar nenhuma mentira.
Quando estava quase na hora, Dona Emília e Seu Tonico e todos os convidados vieram para a sala. E começaram a distribuir apitos, línguas de sogra, tudo que faz bastante barulho.
Pedroca tinha trazido sua corneta:

- Eu é que vou fazer mais barulho que todo mundo!
Joãozinho já estava com alfinete na mão para estourar todas as bolas.
Mas alguma coisa muito esquisita estava se passando. O relógio continuava andando normalmente, mas a meia noite não chegava nunca!
Todos começaram a ficar espantados.
Vovô Tonico tirou até seu grande relógio de bolso, que a vovó Emília chamava de Cebolão.
Até o cuco veio dar uma espiadinha pra ver o que estava acontecendo.
É que lá na Casa do Tempo havia um grande problema: quando chegou a hora de Dona Meia Noite passar para a Terra, ela resolveu fazer greve!

- Não vou! Não vou e pronto!
- Mas não vai por quê? – perguntou o Tempo -que é o chefão lá deles.
- Não vou porque estou cansada de tanta fita. Olhe só lá na Terra! – e Dona Meia Noite continuou – Ah! Eu estou cansada de tanto fingimento. Todo ano é a mesma coisa! Prometem ficar bonzinhos, mas amanhã, estão todos fazendo as mesmíssimas coisas.
Um segundinho passou reclamando:
- Dona Meia Noite, passa logo! Eu não estou acostumado a trabalhar tanto!
O Tempo já estava aflito:

- Eu não posso parar, Dona Meia Noite! Anda logo!
Dona Semana também tentou convencer a teimosa:
- Se a Senhora não passar, não vai haver Ano Novo! Coitadinho dele…e o Ano Velho, coitado, vai ter que trabalhar o resto da vida! Ele qe já está tão velhinho…
- Ah, não sei de nada! Desde que me entendo por gente é a mesma coisa. Já estou cansada!
Nessa altura apareceu a mulher do Tempo, que é a Dona Temporada e que já estava ficando preocupada de ver tanta confusão:
- Escute, Dona Meia Noite. É verdade que todos os anos as pessoas dizem qe vão melhorar e no fim não melhoram nada. Mas quem sabe, se este não vai ser realmente o Ano Novo? Não vai ser de verdade um Ano Bom? Olhe só para o Ano Novo, como é bonitinho, tão novinho, uma graça…Quem sabe, Dona Meia noite, hein? Quem sabe?
Dona Meia Noite pegou o Ano Novo no colo. Ele sorriu. Ela também sorriu.
Dona Temporada falou:

- Quem sabe este aninho tão pequenino ainda não vai fazer um milage? O milagre de todos ficarem amigos e ninguém pensar em fazer mal aos outros.
Todos aplaudiram.
- É isso mesmo!
- Coragem, Dona Meia Noite!
- Vamos!
Dona Meia Noite olhou para o Ano Novo que continuava sorrindo.
- Sabe de uma coisa? Então, eu vou! Sai da frente pessoal, lá vou eu!
E Dona Meia Noite, toda vestida de verde, que é a cor da esperança, escorregou pelo escorregador do tempo, dando adeus a todos:
- Adeus, todo mundo! Feliz Ano Novo!
E na Terra a alegria foi grande! Todos os relógios começaram a dar meia noite.
Os foguetes estouravam no céu.
Em todas as casas todos se abraçavam e pensavam: “Quem sabe? Quem sabe? Quem sabe?”

Kades Singers Você Quer Ser Feliz
Se você quer ser feliz
Basta acreditar que existe o Natal
E que o Natal é bem mais do que papai noel
E presentes também

Há 2.000 anos atrás nasceu Jesus em Belém
Trazendo ao mundo perdão
Nos religando ao Pai

Se você quer ser feliz
Basta acreditar que Jesus é o Natal

Kades Singers
Noite Feliz
Noite Feliz, Noite Feliz
Noite Feliz
Tudo é paz, tudo é amor
Dormem todos em redor
Em Belém Jesus nasceu
Rei da paz, da terra e céu
Nosso Salvador, é Jesus Senhor

Rei da paz, Rei do amor
Deste mundo criador
Vinde todos lhe pedir
Que nos venha conduzir
Deste mundo a luz
É o Senhor Jesus

Kades Singers
Fim De Ano

Ah! o ano se finda agora
Levando tristezas
Que tanto abateram
O nosso ser
Também muita alegria
Deixando saudades
Belos momentos de felicidade
O amor deve estar em nossas vidas
Então cicatrizar velhas feridas

Um Natal feliz hoje e sempre
Num clima de alegria e calor
Um Natal feliz só depende
De paz alegria e amor

Kades Singers
Adoração

Conheces o meu coração e sabes o que sinto
Visita-me, acalma-me, e purifica-me
Perdoa-me, e põe em mim um coração contrito
Tua é a glória, tua é a força
Tens todo poder senhor. me entrego aos teus pés
E eu te adorarei, em espírito e em verdade
Eu te exaltarei, pela tua santidade
Eu te adorarei, em espírito e em verdade
Me fizeste só pra te adorar
Por isso estou aqui no teu altar

Chiquititas
Ano Novo

Em todo mundo
Um beijinho
Um carinho

Alguém diz ‘Eu te Amoo’
Alguém pede um desejo

Dame un bacio
Yo te amo
Um beijinho, um carinho
I love you, baby
I need you, baby
De beijo a beijo grito
Feliz Ano Novo desejamos

Ao mesmo tempo
O mundo todo
Se descobre
Esse abraço
Abrem-se portas, expresse
O ano novo que chega!

Dame un bacio
Yo te amo
Um beijinho, meu carinho
I love you, baby
I need you, baby
De beijo a beijo grito
Feliz Ano Novo desejamos

Feliiiz.. Ano Novo.. desejamos!

Um Novo Tempo
(Tema de Fim de Ano da Globo)

Hoje é um novo dia
De um novo tempo
Que começou
Nesses novos dias
As alegrias serão de todos
É só querer
Todos os nossos sonhos serão verdade
O futuro já começou
Hoje a festa é sua
Hoje a festa é nossa
É de quem quiser
Quem vier
A festa é sua
Hoje a festa é nossa
É de quem quiser!

Ano Velho, Feliz Anos Novo
Francisco Alves

Adeus Ano velho, feliz Ano novo,

Que tudo se realize, no ano que vai nascer,

Muito dinheiro no bolso, saúde pra dar e vender.

Para os solteiros, sorte no amor, Nenhuma esperança perdida

Para os casados, nenhuma briga, paz e sossego na vida

Marcas do Que se Foi
Interpretado por Os Incríveis
Este ano quero paz
No meu coração
Quem quiser ter um amigo
Que me dê a mão

O tempo passa e com ele
Caminhamos todos juntos
Sem parar
Nossos passos pelo chão
Vão ficar

Marcas do que se foi
Sonhos que vamos ter
Como todo dia nasce
Novo em cada amanhecer

Marcas do que se foi
Sonhos que vamos ter
Como todo dia nasce
Novo em cada amanhecer

Este ano quero paz
No meu coração
Quem quiser ter um amigo
Que me dê a mão

O tempo passa e com ele
Caminhamos todos juntos
Sem parar
Nossos passos pelo chão
Vão ficar

Marcas do que se foi
Sonhos que vamos ter
Como todo dia nasce
Novo em cada amanhecer

Marcas do que se foi
Sonhos que vamos ter
Como todo dia nasce
Novo em cada amanhecer

Marcas do que se foi
Sonhos que vamos ter
Como todo dia nasce
Novo em cada amanhecer

Marcas do que se foi
Sonhos que vamos ter
Como todo dia nasce
Novo em cada amanhecer

Feliz Ano Novo, Feliz 2014. Clica e assista o vídeo.

Mega Reprodução

Sobre admin